Opinião: Mudanças no cenário de proteção de direitos dos LGBTI+

Em 2019, 329 pessoas da comunidade LGBTI+ tiveram morte violenta no Brasil. Os dados, ainda que pareçam objetivos, escondem uma realidade muito mais complexa, profunda e que não pode ser mensurada por quaisquer métricas já criadas: a homofobia marca o cotidiano brasileiro, está em todas as instân…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Fale conosco
Enviar
Rolar para o topo