TJ-SP barra contribuição de quem ganha mais que o mínimo

Cobrança faz parte da Reforma da Previdência do do governador João Doria 
José Cruz/Agência Brasil
O desembargador Antonio Carlos Malheiros, do Órgão Especial do Tribunal de Justiça de São Paulo, determinou que o governo de São Paulo se abstenha de cobrar contribuição previdenciária de ap…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo