Governador questiona auxílio emergencial a professores temporários

O governador do Estado de Mato Grosso, Mauro Mendes, apresentou ao Supremo Tribunal Federal a ação direta de inconstitucionalidade contra a Lei estadual 11.157/2020, que estabelece o pagamento de renda mínima emergencial de R$ 1.100 aos professores temporários, em razão da situação gerada pela ep…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo