Contágio por coronavírus não é motivo para adiar videoconferência

Mudança de data de videoconferência pedida por advogado que contraiu o novo coronavírus  foi negada por juíza do TRT-2
TST
A razão da audiência ser por plataforma Cisco Webex Meetings, de videoconferências, é de evitar o contato físico entre as partes. A contração do coronavírus pelo patr…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo