DPU contesta lei que restringe atendimento médico a migrantes

A Defensoria Pública da União em Roraima, em conjunto com a Conectas Direitos Humanos, ajuizou nesta sexta-feira (31/1) uma ação civil pública contra lei municipal de Boa Vista que impõe limites ao número de migrantes que podem ser atendidos em Unidades Básicas de Saúde e no Hospital da Criança. …

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo