CNJ cobra TJ-BA por ignorar anulação de transferência de terras

O colegiado do Conselho Nacional de Justiça intimou o presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Gesivaldo Britto, para cobrar o cumprimento de decisão da instância superior que anulou a transferência de 366 mil hectares de terra a um único homem.
CNJ decidiu intimar presidente do T…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo