Relatório que baseou prisão de João de Deus tinha informação falsa

Um dos relatórios do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) usado para fundamentar uma das preventivas do médium João de Deus continha informações falsas.
Agência BrasilConteúdo dos relatórios do Coaf estavam em sigilo até março. 
O processo, que teve sigilo levantado nes…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo