Corregedoria do RJ avalia investigar juiz que reintegrou PMs

Por entender que há indícios de direcionamento e concessão indevida de liminares para policiais militares acusados de formação de quadrilha, o corregedor-geral de Justiça do Rio de Janeiro, Bernardo Garcez, votou por abrir processo administrativo disciplinar contra o juiz Marcelo Borges Barbosa, …

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo