STF nega recurso de juíza que manteve garota em cela masculina

A 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal manteve a punição aplicada pelo Conselho Nacional de Justiça à juíza que deixou uma adolescente de 15 anos presa numa cela com cerca de 30 homens em uma delegacia em Abaetetuba, no Pará.
Por maioria, o colegiado decidiu, nesta terça-feira (5/2), que o ped…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo