Transportadora não é responsável por danos depois de descarregamento

Avarias e amassados em mercadoria descobertos depois do descarregamento e do transporte rodoviário não servem para condenar a empresa responsável pelo transporte marítimo pelos danos. Esse foi o entendimento aplicado pela 20ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo em proces…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo