Grávida tem direito a estabilidade mesmo sem pedir reintegração

Grávidas têm direito a receber pelo período de estabilidade mesmo sem pedir reintegração à empresa. Com esse entendimento, a 7ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região condenou uma empresária que fechou loja e não pagou o benefício a uma empregada.
7ª Turma do TRT-4 condena empre…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo