Gerente de lotérica assaltada 5 vezes deve receber auxílio-doença

A 1ª Câmara de Direito Público do TJ deu provimento ao recurso de uma gerente de lotérica do Vale do Itajaí que, após vivenciar cinco assaltos no estabelecimento em que trabalhava, teve cortado pelo INSS o auxílio-doença que recebia ao se afastar do trabalho para tratar de estresse pós-traumático…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo