Desembargador derruba suspensão de obra da Queiroz Galvão

Créditos reconhecidos pela Justiça em segundo grau podem constar como ativos realizáveis de longo prazo. Com esse entendimento, o desembargador Coimbra Schmidt, do Tribunal de Justiça de São Paulo, derrubou uma liminar que havia suspendido a eficácia de um contrato entre o município de Santos (SP…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo