Juíza condena empresas por falha em costura de paletó

A juíza Oriana Piske, do 4º Juizado Especial Cível de Brasília, condenou duas empresas a pagarem indenização de R$ 3 mil a um consumidor por falha provocada no conserto de uma roupa de marca internacional.
Na decisão, a magistrada afirmou que ficou evidente a falha na prestação do serviço, que…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo