App de passageiros é responsabilizado por conduta de motorista

Com base na teoria da aparência, a Justiça do Rio Grande do Sul concluiu que os aplicativos de transporte de passageiros devem responder pela conduta dos motoristas cadastrados.
Assim, a 1ª Turma Recursal Cível dos Juizados Especiais Cíveis manteve sentença que condenou um aplicativo a indeniz…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo