TST aumenta indenização de trabalhador que teve câncer

A 2ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho aumentou para R$ 590 mil o valor da indenização por dano material a ser paga em parcela única a um empregado do Consórcio de Alumínio do Maranhão (Alumar) que sofreu perda total e permanente das aptidões para o exercício da sua atividade de auxiliar e d…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo