Desmatadores são condenados em R$ 12 milhões por danos ambientais

A 1ª Vara da Subseção Judiciária de Tucuruí (PA) condenou pai e filho considerados desmatadores a pagarem R$ 12 milhões de indenização por danos ambientais e a recuperarem cerca de 760 hectares de área desmatada no Pará. Além da dupla, duas empresas das quais os réus eram sócios-ocultos também fo…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo