Defesa de João de Deus desiste de habeas corpus no Supremo

A defesa do médium João de Deus protocolou no Supremo Tribunal Federal, nesta sexta-feira (11/1), um pedido de desistência do Habeas Corpus apresentado em dezembro, durante o recesso da corte. A desistência ainda precisa ser homologada pelo presidente, ministro Dias Toffoli.
Acusado de crime…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo