TJ-RS livra juiz que recebia depósitos de origem ilícita

Receber depósitos em conta bancária, fruto de crime, não torna o beneficiário, automaticamente, cúmplice de ilícito, especialmente se o destinatário não tinha consciência de que os valores eram produto de atos criminosos. Assim, se todos os elementos do processo atestam a falta de ciência, não se…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo