Pai não pode impedir que filho menor inclua sobrenome do padrasto

A Lei de Registros Públicos, ao autorizar que enteados adotem o nome de família do padrasto ou da madrasta, não exige que o pai ou mãe biológicos concordem com tal acréscimo. Com esse entendimento, a 8ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul manteve sentença que julgou procedent…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo