Cartório pode homologar processo de usucapião, confirma CNJ

A possibilidade de se fazer o processo de usucapião diretamente nos cartórios foi aprovada pelo Plenário do Conselho Nacional de Justiça. Com a mudança, haverá uma grande redução no prazo de tramitação, que chegava a três anos nos casos mais simples. A usucapião é o direito à propriedade de um be…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo