Juiz do Trabalho pode suspender férias para curso oficial, diz CNJ

Integrantes da Justiça do Trabalho podem interromper férias para participar de cursos de formação, quando as aulas forem oferecidas pelas escolas judiciais oficiais. Foi o que definiu o Plenário do Conselho Nacional de Justiça nesta terça-feira (8/5), por unanimidade, ao analisar pedido de um jui…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo