Executivos de fundo de pensão são alvo de mandados de prisão

A Polícia Federal cumpre, na manhã desta terça-feira (8/5), no Rio de Janeiro, quatro mandados de prisão temporária contra executivos do fundo de pensão da Fundação Rede Ferroviária de Seguridade Social (Refer). Eles são acusados de desviar R$ 270 milhões. As ordens foram expedidas pela 3ª Vara C…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo