Pedir voto a fiéis nas redondezas de igreja também é abuso de poder

É proibida a influência religiosa para fins eleitorais, sendo indiferente o local em que a propaganda política ocorre. Com esse entendimento, o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo cassou o registro de um candidato a vereador de Campos do Jordão. A corte concluiu que o político foi auxiliado …

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo