Registro de crimes de menor potencial passa a ser eletrônico em SP

As delegacias da capital paulista acabaram com o uso do papel nos termos circunstanciados — registros policiais quando ocorrências são consideradas de menor potencial ofensivo. Desde o início de maio, esses casos passaram a tramitar eletronicamente, com remessa direta pelo meio digital entre as r…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo