Plano não deve custear medicamento sem registro na Anvisa, diz STJ

O Judiciário não pode impor que uma operadora de plano de saúde pratique infração de natureza sanitária, sob o risco de ferir o princípio da legalidade previsto pela Constituição. Com esse entendimento, a 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça mandou uma mulher ressarcir a Seguros Unimed pela i…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo