Leonardo Ruivo: Terceirização ainda precisa ser compreendida

Durante muito tempo a terceirização foi regrada pela Lei 6.019/74 (trabalho temporário) e por dispositivos esparsos, como o artigo 455 da CLT, o artigo 94, II da Lei 9.472/97 (telecomunicações) e pela súmula 331/11 do TST.
Agora, em 2017, as leis 13.429 e 13.467 alteraram a lei de trabalho tem…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo