Divulgação de informação sigilosa não autoriza censura, diz Barroso

O mais adequado a fazer quando uma notícia eventualmente comprometer o sigilo processual é dar o direito a resposta aos envolvidos ou a reparação de danos, e não proibir a divulgação das informações. Por isso o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, julgou procedente reclamaç…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo