Mário Filho: Preservação da advocacia exige solidariedade do motoboy

A cada dia mais dedos em riste apontam para a advocacia criminal para acusá-la de “defender bandido”, e assim, ser bandida também entre outras insanidades ignorantes.
Não bastasse isso o arrocho processual penal imposto por filtros para dificultar o exercício da ampla defesa se soma ao momento…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo