Justiça suspende demissão de 1.200 professores da Estácio

Três dias após a universidade Estácio confirmar a intenção de demitir centenas de professores como parte de um processo de “reorganização institucional”, a Justiça do Trabalho do Rio de Janeiro acolheu um pedido do Sindicato dos Professores do Rio de Janeiro e Região (Sinpro-RJ) e suspendeu provi…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Fale conosco
Enviar
Rolar para o topo