Em balanço do ano, criminalistas se dizem decepcionados com o STF

Reunidos na última quarta-feira (6/12) em São Paulo, muitos dos principais criminalistas do Brasil concordam que 2017 foi marcado por violações aos direitos fundamentais, com conduções coercitivas desnecessárias, negativas infundadas de Habeas Corpus e detenções desnecessárias. Mas o principal po…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Fale conosco
Enviar
Rolar para o topo