TSE absolve Lula e Bolsonaro de propaganda eleitoral antecipada

O Tribunal Superior Eleitoral rejeitou, nesta terça-feira (5/12), representações do Ministério Público Eleitoral para multar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) por suposta propaganda eleitoral antecipada.
Para Admar Gonzaga, Lula não pediu …

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Fale conosco
Enviar
Rolar para o topo