Servidores que migraram de estados para o STF não entram no Funpresp

Os servidores dos estados e municípios que entraram no Supremo Tribunal Federal depois da criação do regime complementar de previdência dos servidores públicos e da instituição do Fundo de Previdência dos Servidores do Judiciário da União (Funpresp-Jud) têm direito ao regime previdenciário própri…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo