STJ nega recurso de Adriana Ancelmo para voltar à prisão domiciliar

A ministra do Superior Tribunal de Justiça Maria Thereza de Assis Moura negou nesta sexta-feira (24/11) pedido para anular a decisão da Justiça Federal do Rio de Janeiro que determinou a prisão preventiva de Adriana Ancelmo, mulher do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB). Na decisão, a ministra ent…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Fale conosco
Enviar
Rolar para o topo