OAB defende destruição de grampos de escritório que representa Lula

A Ordem dos Advogados do Brasil pediu para ingressar no processo no qual a banca Teixeira, Martins e Advogados pede que o Tribunal Regional Federal da 4ª Região determine a destruição do material gravado em grampo feito no escritório.
“É ilegal a manutenção nos autos e a divulgação dos áudios …

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo