Empresa indenizará ex-assessor jurídico preso diante da imprensa

A Subseção I Especializada em Dissídios Individuais (SDI-1) do Tribunal Superior do Trabalho manteve decisão que condena uma concessionária de energia do Pará a indenizar em R$ 100 mil um ex-assessor jurídico preso no local de trabalho sob acusação de improbidade, fraude e formação de quadrilha. …

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo