Certidões de nascimento passam a ter CPF e paternidade socioafetiva

A partir de agora, as certidões de nascimento, de casamento e de óbito trarão, obrigatoriamente, o número do CPF do titular. A decisão foi instituída pela Corregedoria Nacional de Justiça, que publicou na última sexta-feira (17/11) o Provimento 63, que institui regras para emissão pelos cartórios…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Fale conosco
Enviar
Rolar para o topo