Empresa não tem culpa por morte súbita de trabalhador em descanso

A empresa não tem responsabilidade pela morte trabalhador que morreu de forma súbita em seu período de descanso, mesmo que tenha sido nas dependências do emprego. Este foi o entendimento da Subseção I Especializada em Dissídios Individuais (SDI-1) do Tribunal Superior do Trabalho, que negou provi…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo