É recomendável ler a bula dos acordos de leniência

A sabedoria popular ensina que a diferença entre o antídoto e o veneno costuma ser a dose.
Recentes decisões judiciais têm colocado à prova a fidedignidade de instrumentos consensuais de solução de conflito e de fiscalização, tal como notificou a ConJur no dia 23 de julho.
O texto menciona …

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Fale conosco
Enviar
Rolar para o topo