Nenê Constantino e outros dois são condenados por assassinato

O Tribunal do Júri de Taguatinga, no Distrito Federal, condenou o empresário Nenê Constantino, de 86 anos, ex-dono da Gol Linhas Aéreas, a 13 anos de prisão. Ele foi considerado culpado pelo assassinato de Tarcísio Gomes Ferreira, um ex-funcionário seu, em 2001.
Além de Nenê, que fundou a Gol …

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Fale conosco
Enviar
Rolar para o topo