Judiciário não pode proibir tecnólogo em Serviços Jurídicos, diz juiz

O Ministério da Educação tem poder para autorizar que o conhecimento jurídico seja ensinado de forma técnica, além do bacharelado. Como esse ato de governo tem natureza política, o Judiciário não pode intervir na decisão. Assim entendeu o juiz federal Eduardo Rocha Penteado, da 7ª Vara Federal do…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Rolar para o topo