Luciano Timm: Justiça trabalhista colocava óbices na arbitragem

A Reforma Trabalhista, recentemente aprovada pelo Congresso Nacional, autoriza a arbitragem nos contratos individuais de trabalho (novo artigo 507-A da CLT), desde que (i) a remuneração do empregado seja superior a duas vezes o limite máximo estabelecido para os benefícios do Regime Geral de Prev…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Fale conosco
Enviar
Rolar para o topo