Proibir gays de doar sangue limita direitos fundamentais, diz Barroso

Proibir homossexuais de doar sangue restringe direitos fundamentais, em clara afronta à Constituição Federal. Esse é o entendimento do ministro Luís Roberto Barroso, que, nesta quarta-feira (25/10), votou pela procedência da ação direta de inconstitucionalidade em que são questionadas a Portaria …

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Fale conosco
Enviar
Rolar para o topo