fbpx

Empresa de segurança furtada recupera licença de funcionamento

Uma empresa de segurança patrimonial que teve seu alvará cassado pela Polícia Federal após ter 173 armas furtadas conseguiu, na Justiça, o direito de manter sua licença. Para a juíza Anita Villani, da 1ª Vara Federal de São Vicente, os pressupostos utilizados pela PF para cassar a licença, de que…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Fale conosco
Enviar
Rolar para o topo