fbpx

Rede questiona portaria que mudou definição de trabalho escravo

A Rede foi ao Supremo Tribunal Federal questionar a portaria do Ministério do Trabalho que alterou os conceitos de trabalho forçado, jornada exaustiva e condições análogas à de escravo, para fins de concessão de seguro-desemprego. A norma também alterou o modo como é feita a inclusão de empresas …

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Fale conosco
Enviar
Rolar para o topo