fbpx

2ª Turma do STF revoga prisão domiciliar do empresário Eike Batista

Por unanimidade, a 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal revogou a prisão domiciliar do empresário Eike Batista, preso no fim de janeiro em um desdobramento da operação “lava jato”. Os ministros substituíram a detenção por recolhimento noturno, impedimento de sair do país e obrigatoriedade de comp…

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Fale conosco
Enviar
Rolar para o topo