fbpx

Procurador é condenado por pagamento que não interessa à União

Aceitar doação de bens como pagamento para União sem que se prove que eles teriam alguma utilidade é o bastante para condenação por improbidade administrativa. Com este entendimento, a 3ª Vara Federal de Piracicaba (SP) condenou um procurador da Fazenda Nacional acusado de fazer irregularmente a …

Veja a matéria original no Portal Consultor Jurídico

Fale conosco
Enviar
Rolar para o topo