fbpx

Terceirizado que atua em imigração não se equipara a agente da PF

O fato de um trabalhador terceirizado trabalhar na área de controle migratório não justifica equiparação com agentes da Polícia Federal. Assim entendeu a juíza Larissa Leonia Bezerra de Andrade Albuquerque, da 2ª Vara do Trabalho de Brasília, ao rejeitar pedido de um funcionário que pedia equipar…

Continue lendo no portal Consultor Jurídico

Fale conosco
Enviar
Rolar para o topo