Confira os destaques da TV Justiça para o fim de semana

Sexta-feira, 28/7

21h30 – Em Cartaz
O programa traz nesta edição o documentário “Oswaldo Cruz na Amazônia”. A produção resgata a memória e as principais questões de saúde levantadas pelo cientista e médico. Lançada em 2002, a obra foi produzida por Eduardo Vilela Thielen e Stella Oswaldo Cruz Penido, bisneta do médico. Quem comenta a produção, é Maria Célia Delduque, pesquisadora e coordenadora do programa de direito sanitário Oswaldo Cruz Brasília.
Reapresentações: 29/07, às 22h30; 30/07, às 22h30; 21/07, às 10h e 02/08, às 10h.

Sábado, 29/7

8h – Saber Direito Debate
O programa Saber Debate desta semana trata das prisões cautelares e a lei antiterrorismo. O convidado é o advogado Gabriel Cortez, professor de Processo Penal. Ele fala sobre como ordenamento jurídico contemplava o crime de terrorismo e a nova lei sobre o tema, que entrou em vigor no ano passado. Reapresentações: 29/7, às 23h30; 30/7, às 8h, às 14h30 e às 23h30.

8h30 – Saber Direito Responde
No Saber Direito Responde desta semana o professor Gabriel Cortez vai falar das prisões cautelares e a lei antiterrorismo. Ele esclarece dúvidas sobre o tema.
Reapresentações: 29/7, às 14h30; 30/7, às 8h30 e 31/7 às 0h.

9h – Academia
O programa desta semana apresenta “Arte na Formação Jurídica”, tese de doutorado apresentada por Marta Regina Gama Gonçalves ao programa de pós-graduação da Universidade de Brasília (UnB) para obtenção do título de doutora em Direito, Estado e Constituição. A pesquisa feita com estudantes de Direito aborda o uso da arte na formação do jurista. Para debater o assunto, o Academia recebe o doutor em Direito Alexandre Araújo Costa e a desembargadora do TRT de Minas Gerais, também doutora em Direito, Mônica Sette Lopes.
Reapresentações: 30/7, às 9h; 31/7, às 9h; e 2/8, às 9h.

12h – Fórum
Nesta semana o programa trata dos influenciadores digitais. Basta acessar a internet ou ligar a TV para ver alguém falando sobre as novas tendências. Pessoas falam de moda, maquiagem, exercícios físicos, brinquedos, jogos, e outros assuntos. São os chamados influenciadores digitais. E os brasileiros estão entre os maiores do mundo. Quem fala sobre este fenômeno é a professora de Mídias Digitais da Universidade de Brasília Thaís de Mendonça Jorge e o diretor do Instituto Beta para Internet e Democracia, Paulo Rená, mestre em Direito, Estado e Constituição.
Reapresentações: 30/7, às 12h.

12h30 – Meio Ambiente por Inteiro
Mandioca, macaxeira e aipim. O nome varia nas regiões do Brasil, mas o gosto continua na liderança de boa parte dos consumidores. Frita ou cozida, poucas pessoas dispensam a raiz. De olho nessa demanda, o Meio Ambiente por Inteiro foi a campo para descobrir o que existe de novo no mercado da agricultura familiar – responsável pelo plantio de várias espécies.
Reapresentações: 30/7, às 12h30; 31/7, às 12h; 1º/8, às 18h; 2/8, às 12h; 3/8, às 12h30 e 4/8, às 18h.

14h – Artigo 5º
Nesta semana, o Artigo 5º mostra os direitos do povo cigano. Os ciganos mantêm as tradições e a cultura, mas enfrentam muito preconceito. E reclamam da falta de políticas públicas específicas. Para falar sobre a cultura cigana e a preservação das tradições e direitos deles, o programa tem como convidados a advogada de Direitos Humanos Sandra Nascimento, doutora em Ciências Sociais pela UnB, e Priscila Godoy, pesquisadora em povos ciganos. Também participa a cigana Lucimara Cavalcante, diretora da AMSK Brasil – organização que age em defesa dos direitos humanos do povo romani.
Reapresentações: 30/7, às 14h.

18h30 – Repórter Justiça
O programa aborda nesta edição o crescimento do empreendedorismo no Brasil. Pesquisa GEM de 2016 revela que a taxa total de empreendedorismo no Brasil foi de 36%. Isso significa que cerca de 48 milhões de pessoas no país com idades entre 18 e 64 anos estão envolvidos na criação ou na manutenção de um negócio. O Repórter Justiça apresenta a história de uma empresa de marca de camisetas. O diferencial está nas estampas, que têm como fonte de inspiração os memes, aquelas piadas de internet.
Reapresentações: 30/07, às 18h30; 31/07, às 20h30; 2/08, às 7h30 e 3/08, às 20h30.

19h – Reflexões
Recursos especiais repetitivos serão abordados no programa Reflexões. Os recursos especiais que têm teses idênticas podem ser julgados por amostragem para acelerar julgamentos e, ao mesmo tempo, garantir segurança jurídica. Para falar sobre esse tipo de recurso, o programa convidou André Macedo, juiz do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal e professor adjunto da Universidade de Brasília, e José Guilherme Berman, advogado e professor adjunto da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.
Reapresentações: 30/7, às 19h.

20h – Direito Sem Fronteiras
O crime de estupro é um dos mais brutais que uma pessoa pode sofrer. Deixa marcas físicas e traumas psicológicos que podem durar a vida inteira. Mas ainda há países que não têm leis que punem severamente o estuprador. Quem fala sobre a legislação que pune o estupro em vários países é o mestre em Relações Internacionais Carlos Nogueira da Costa Júnior, e a mestre em Direito das Relações Internacionais Eneida Taquary.
Reapresentações: 30/7, às 20h.

Domingo, 30/7

21h30 – Refrão
A família Mesquita também se harmoniza na música de raiz. Marcos e Vitor, pai e filho, compartilham a paixão pela viola caipira. Desse encontro não saem apenas obras autorais, mas também releituras de clássicos. Um exemplo é o recém-lançado álbum “Here Comes The Sun”, com recriações de canções da célebre banda inglesa The Beatles. Essas e outras gravações são assuntos da entrevista que o duo Viola Progressiva concedeu para o Refrão.
Reapresentações: 31/7, às 13h30; 1º/8, às 21h30; 3/8, às 21h30; 4/8, às 13h30 e 5/8, às 21h30.

Segunda, 31/7, a sexta-feira, 4/8

8h – Saber Direito Aula
O programa Saber Direito Aula desta semana recebe o professor Gabriel Cortez, que ministra o curso sobre prisões cautelares e lei antiterrorismo. Durante os cinco dias, serão abordados temas relacionados ao curso: impressões processuais da Lei Antiterrorismo, noções de prisões cautelares, prisão temporária, prisão temporária e Lei Antiterrorismo e as atualizações e o panorama da Lei Antiterrorismo.
Reapresentações: segunda a sexta-feira, às 23h30.

Fonte: TV Justiça
 

Postado originalmente no portal do Tribunal Superior Federal

Rolar para o topo