Suspeita de grave fraude previdenciária justifica prisão preventiva

Quando há suspeita de que o crime lesou o patrimônio público de forma muito grave, a prisão preventiva do acusado é justificada. Com esse entendimento, a 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça negou, por unanimidade, recurso em Habeas Corpus da defesa de três sócios de empresa do interior de Sã…

Continue lendo no portal Consultor Juridico

Rolar para o topo